A tradicional Festa Nacional do Charque é realizada anualmente em Candói para manter as tradições dos seus antepassados. Um dos principais atrativos é a cavalgada que lembrar a vida dos colonizadores do município. E esta é apenas uma das atividades durante os dias da festa, realizada no Centro de Eventos Antônio Loures Alves, uma grande área com mais de 100.000 m2. Os visitantes também podem conferir exposições do agronegócio, shows e uma bela gastronomia.

O charque, prato típico e carro-chefe da festa nacional que leva o seu nome, é feito de carne de gado cortada em mantas, salgada e secada ao sol. Era o principal alimento dos tropeiros por causa da sua conservação durante as longas viagens, como por exemplo, a da rota que encurtava o tempo para chegar ao interior paulista, denominada Estrada das Missões, e que incluía o município de Candói. O registro da primeira charqueada, no entanto, é de Pelotas (RS), nos anos de 1780.

A Festa Nacional do Charque é realizada no Centro de Eventos Antônio Loures Alves, que conta com mais de 100.000 m2 de área construída. É um local com estrutura completa para alimentação e onde são provadas uma variedade de saborosos pratos à base de charque. Também possuí espaço para exposição de produtos coloniais e artesanais e para estandes de empresas, o que faz da festa uma excelente vitrine de negócios. Tem ainda, área destinada para leilões e pista de laço, onde ocorrem os torneios e competições paralelos à festa. Possui um estacionamento para mais de 2 mil veículos que oferece maior segurança e conforto ao público que vem para os shows em também para provar a gastronomia a base de charque.

A cada ano, a Festa Nacional do Charque cresce em estrutura, atrativos, negócios, exposições e, principalmente, em público. Em 2014, mais de 55 mil pessoas visitaram o centro de eventos, vindas de municípios vizinhos, como Cantagalo, Foz do Jordão, Chopinzinho, Laranjeiras do Sul, Guarapuava, e de outras localidades do Paraná e de Santa Catarina. Em Candói, o público da festa confere toda a programação e, é claro, o potencial econômico do município.
Antes do show, Hugo e Tiago falaram de DVD comemorativo e programa na TV

Os sertanejos Hugo e Tiago esbanjaram simpatia e carisma, tanto no palco como na atenção que deram ao público. Logo que chegaram em Candói, para se apresentarem na Festa Nacional do Charque, os cantores visitaram rádios, passearam, conversaram e cumprimentaram os fãs. Por onde passavam, divulgavam o show da noite de sábado, 30 de agosto, no centro de eventos.  Humilde e atenciosa, a dupla reuniu cerca de 5 mil pessoas na tenda de shows que conferiram os principais sucessos dos 10 anos de carreira. Antes disso, concederam entrevista falando sobre o papel das redes sociais na divulgação de trabalhos artísticos, a gravação de um DVD comemorativo e o programa no SBT. Confira a seguir.

É muito comum ver duplas sertanejas em que os dois cantores são irmãos, no caso de vocês isso não acontece. Como é que faz para lidar com as diferenças?
Tiago – As nossas diferenças, nós temos pessoas que trabalham com a gente e que administram também. Claro que no dia a dia não é só as diferenças do Hugo e Tiago, mas de uma equipe toda. Então todos são diferentes um do outro. Mas temos uma equipe, temos o nosso empresário que nos dá o caminho, que vai mostrando pra nós o que é certo e errado porque nem sempre nós temos razão. O ser humano é assim, nem sempre tem razão. Às vezes a nossa imaturidade, às vezes sei lá o que seja, as pessoas acabam mostrando pra nós as formas e os jeitos. Então isso vai facilitando e dessa forma Hugo e Tiago está completando 10 anos de carreira. E nós temos essa base também que é a nossa família, essa coisa de nós sermos sertanejos. A gente se dá bem, a gente se gosta até porque é um casamento isso aqui. Então tudo isso acaba fazendo com que a coisa aconteça da melhor forma.

Estar em um lugar onde tem rodeio, por exemplo, com um público que se identifica com a música de vocês, deve ser uma satisfação muito grande.
Hugo – Sempre. O Tiago é do interior de São Paulo, eu sou de Goiânia. Acho que um dos grandes sonhos da gente era estar viajando pelo Brasil, cantando especialmente aqui no Paraná que é um estado que eu, lá de Goiânia, sempre quis conhecer. Todo mundo falava “rapaz, olha”, lá no Estado do Paraná, em Santa Catarina, no Rio Grande do Sul, no Sul do país, é um lugar muito bonito, o povo é bonito, o povo é educado, o povo é diferente e eu falava “será que um dia eu vou pra lá?”. Este ano, a gente completa dez anos e estar aqui é uma realização. Sempre que a gente vem pro sul é uma satisfação, uma realização muito grande mesmo. Não só pra mim e pro Tiago, mas pra nossa equipe é muito bom. Sempre que a gente vem pra cá, a gente é muito bem recebido.

Vocês também acham que as redes sociais aproximam vocês do público?
Tiago – A tecnologia aproxima uma pessoa da outra. Pro trabalho artístico é muito importante. É um meio de divulgação fantástico. Nós temos o nosso Instagram, o meu (perfil) é tiagosilvacantor, do Hugo é hugoalvescantor. Temos o nosso site que é www.hugoetiago.com.br pra vocês saberem mais sobre a nossa história, sobre a nossa vida, nossa carreira. Acho que isso aí tem sido muito importante, além do trabalho que o rádio e a televisão fazem, internet é fundamental.

E os próximos trabalhos? Quais as expectativas para o próximo ano?
Hugo – A gente tem a ideia de nesse ano fazer o CD e existe também a ideia de um DVD comemorando 10 anos. Dia 20 de setembro tá vindo o Festival Sertanejo no SBT que é um projeto que nós fizemos parte no ano passado. A gente apresentou, ao lado da Helen Ganzarolli e do Pedro Leonardo. Esse ano, quem vai apresentar é Chitãozinho e Xororó, a gente vai estar no palco também como treinadores dos participantes. A gente vai estar junto lá, a Helen também vai estar. Vai ser muito legal! 

A cidade está fazendo aniversário, o que é que vocês gostariam de dizer?
Tiago – Que Deus abençoe vocês, parabéns pela educação de vocês, pela forma tão calorosa que vocês estão recebendo Hugo e Tiago. Não só nós, mas pela parede (do camarim), a gente pode ver o recadinho que o Daniel deixou, saindo daqui muito satisfeito, Mayck e Lyan também, os meninos do Gaitaço, Os Serranos... A gente só tem a agradecer. Obrigado de verdade e que a gente possa voltar.

Hugo – Um beijo pra todo pessoal aqui de Candói. São 24 anos, uma cidade emancipada recente, é uma cidade nova. Então, parabéns a vocês de Candói, parabéns a Prefeitura, parabéns a todos que contribuíram para essa Festa do Charque. Um beijo no coração de todo mundo e muito obrigado.

LEGENDA DA FOTO: No palco, a pequena Amanda Trento de Quadros cantou e tocou com a dupla Hugo e Tiago.

 

 

         Mais Notícias


27/08
CHEGADA DA CAVALGADA NO CENTRO DE EVENTOS
11:00
27/08
ALMOÇO A BASE DE CHARQUE – RESTAURANTE DA FEIRA
12:00
27/08
JANTAR A BASE DE CHARQUE
18:00
27/08
GRANDE FINAL DO CANTA CANDÓI
19:00
 
28/08
2º ENCONTRO DA MULHER CANDOIANA
09:00
28/08
ALMOÇO A BASE DE CHARQUE
12:00
28/08
CERIMONIA DE ABERTURA DA FEIRA – PRAÇA CENTRAL
19:00
28/08
JANTAR A BASE DE CHARQUE
19:30
28/08
RODEIO COUNTRY – ARENA DE RODEIOS
20:00
28/08
SHOW COM DUPLA “BRENO REIS & MARCO VIOLA”
23:00
28/08
GRANDE BAILE COM O CANTOR “BAITACA E GRUPO FUNDO DA GROTA”
00:30
 
29/08
JANTAR A BASE DE CHARQUE
19:00
29/08
RODEIO COUNTRY - ARENA DE RODEIOS
20:00
29/08
ALMOÇO A BASE DE CHARQUE
12:00
29/08
INÍCIO DO 1º DUELO DE LAÇO COMPRIDO
13:00
29/08
SHOW COM “AMADO BATISTA”
22:00
29/08
GRANDE BAILE COM CRIOULO BATISTA E GRUPO CAMBICHOS
23:00
 
30/08
CONTINUAÇÃO DO 1º DUELO DE LAÇO COMPRIDO
09:00
30/08
ALMOÇO A BASE DE CHARQUE
12:00
30/08
SHOW GOSPEL COM “ISRAEL SALAZAR” DO MINISTÉRIO DIANTE DO TRONO
16:00
30/08
FINAL DO RODEIO COUNTRY, SHOW DE HUMOR COM “JUCA BALA E JAURI GOMES”
18:00
30/08
JANTAR A BASE DE CHARQUE
19:00
30/08
SHOW COM A DUPLA ZANON E MARCELINO
21:00
30/08
BAILE DE ENCERRAMENTO COM ZÉ MORAES
21:30
 
 
 
 
  • Show Hugo & Tiago
    Show Hugo & Tiago
  • Rodeio Marcos Brasil
    Rodeio Marcos Brasil
  • Show Mayck & Lyan
    Show Mayck & Lyan
  • Estandes Festa do Charque
    Estandes Festa do Charque
  • Abertura Rodeio
    Abertura Rodeio